Nos últimos anos, a corrida superzoom tem sido bastante simples: A cada ano, as empresas de trote fora o que é essencialmente hardware do ano passado com zoons ligeiramente mais longos, e talvez um novo recurso. Há alguns anos, a Panasonic decidiu mudar-se com a sua Lumix DMC-FZ200 . Em vez de ir mais, Panasonic encurtado a faixa de zoom e deu a câmera uma constante f / 2.8 de abertura.Isso permite a entrada de mais luz em toda a faixa de zoom, melhorando a qualidade de imagem suficiente para nós chamá-lo um dos melhores superzooms de 2012 .

Panasonic está olhando para melhorar em cima da FZ200 com a nova Lumix DMC-FZ300 (MSRP $ 599,99), uma superzoom prova de respingos com o mesmo Leica-branded 24x lente f / 2.8 zoom. A FZ300 mantém todas as características que fizeram o FZ200 se destacam, mas acrescenta vídeo 4K, mais rápido tiroteio explosão, e um design melhorado.

Mas com uma nova classe de high-end, câmeras de longo zoom out there-incluindo própria Panasonic FZ1000 e RX10 da Sony -os atualizações podem não ser suficientes. Ele supera a maioria dos outros superzooms, mas, apesar custando US $ 600, não consegue manter-se com a multidão high-end.Então, é na superzoom sweet spot, ou apenas preso no meio?

Design & Handling

As aparências enganam …

Design-wise, todos superzooms se envolver em um pouco de subterfúgio. Eles se parecem com DSLRs de nível de entrada, embora por dentro eles são pouco mais do que o seu jardim variedade point-and-shoot. A FZ300 em particular empresta um monte de sugestões do projeto da empresa camera-o carro-chefe mirrorless DMC-GH4 -embora ele tem um sensor muito menor de 1 / 2,3 polegadas.

Isso é parte do pacote superzoom, porém, como o pequeno sensor é essencial para a obtenção de tais faixas de zoom gigantes em um tamanho tal relativamente compacto. Isto é como câmeras como a Canon SX60 HS pode embalar 60x valor de zoom em um espaço reduzido tal. A FZ300 faz um negócio semelhante, mas em vez de empurrar o zoom óptico até ao limite, os engenheiros da Panasonic focada na preservação de um grande f / 2.8 de abertura todo o caminho até a faixa de zoom. Isso permite a entrada de mais luz, resultando em imagens mais nítidas e melhor desempenho com pouca luz.

Ainda assim, o FZ300 não se parece com um ponto-e-shoot simples. Com um aperto profundo, ângulos agudos e um mapeamento dos botões de estilo DSLR, o FZ300 parece pronto para assumir qualquer tarefa fora da caixa. O esquema de controle requer uma curva de aprendizagem pouco, mas é fácil o suficiente para permitir que os usuários para começar a filmar rapidamente independentemente do nível de experiência.

Sua 3 polegadas 1040k-dot LCD touchscreen ajuda, com uma interface que permite que você facilmente ajustar as configurações sem cavar em menu excessivamente complexa. O LCD também articula, permitindo-lhe obter fotos em ângulos difíceis com a câmera acima ou abaixo de seu campo de visão.

No topo da câmera que você vai encontrar discagem seu modo, a alavanca de potência, disco de comando, obturador, botão de zoom, botão de gravação, e duas teclas de função. Apesar da longa lista, a câmera não se sente muito lotado e quase todos os controles são acessíveis com apenas o polegar ou dedo indicador. O único botão achei difícil acesso era botão “Fn 2” na parte superior, como o seu posicionamento central torna-o um estiramento.

Controles Lens Panasonic Lumix DMC-FZ300

O lado esquerdo da lente tem um mostrador foco acessível e um segundo controle deslizante-que parece desnecessária dada a alavanca de zoom ligado ao obturador zoom.

Em estado selvagem, devo dizer que encontrei a FZ300 ser bastante volumosa para um point-and-shoot. Mas, considerando que você está recebendo uma câmera à prova de intempéries 600 milímetros (full-frame equivalente), é fácil de aturar. Um DSLR com este tipo de alcance seria muito maior. E ao contrário de muitos superzooms Encontrei tanto o zoom e focagem para ser rápido e suave, o que lhe permite manter o controle de seu assunto como você se move para um tiro mais próximo. Também é surpreendentemente fácil de manter (relativamente) estável em zoom completo, assim você não precisa se preocupar tanto com imagens borradas.

Características

respingo Splish, a salvo de um banho

A Panasonic FZ300 tem todos os sinos e assobios de costume, com a maioria dos suspeitos do costume como Wifi, modos de explosão, modos automáticos, modos de cena, e vários controles físicos (a maioria dos quais nós detalhados na seção projeto acima). Algumas das características são muito menos comuns na sub- $ 1.000 câmeras, tais como vedação tempo, vídeo 4K, e 4K modos de foto estouro da Panasonic.

O dustproofing e splashproofing da FZ300, especialmente, que o diferencia de outros point-and-shoots em sua classe. Enquanto você não pode levá-lo para um mergulho, ela irá sobreviver piña coladas e ser pego na chuva. É importante salientar que a câmera não é selada contra todos os detritos, por isso é muito fácil chegar a sujeira e coisas como areia preso no partes, especialmente o movimento da lente telescópica. Isso vai arruinar a câmera muito rapidamente, por isso tome cuidado.

 

O direcional traseiro também tem atalhos para as suas configurações principais, tornando-o fácil de mudar na mosca.

A prateleira superior tem a maioria de seus principais controles mais dois botões de função.

O Fz300 vem com um flash embutido para ajudar em situações de pouca luz.

O sistema de menus é muito semelhante ao das câmaras mirrorless Panasonic.

O selector de modo possui 10 modos que dão aos usuários uma gama de totalmente manual para totalmente automático.

O EVF foi atualizado para um impressionante OLED 1,440k-dot.

Há uma entrada de microfone para que as pessoas podem obter mais sério sobre a qualidade de áudio durante a gravação.

O lado esquerdo da lente tem um mostrador foco acessível e um segundo controle deslizante-que parece desnecessária dada a alavanca de zoom ligado ao obturador zoom.

Saída HDMI, AV fora, e controles remotos são acessíveis no lado direito da câmera.

Os controles de foco são facilmente alcançado com o polegar direito durante as filmagens.

A tela de articulação vem em punho durante as filmagens ou tentando obter ângulos exclusivos.

A Panasonic Lumix DMC-FZ300 tem um zoom 25-600mm (equivalente a 35mm).
Como mencionamos na seção de desempenho, o vídeo 4K é mais afiada do que o vídeo 1080p, mas o contrário não é muito melhor do que a sua point-and-shoot média. Ele não permite que você use o modo 4K foto de Panasonic, no entanto. Isso permite que você capture imagens 8MP em algumas maneiras diferentes:  Os 4K Explosão (30fps) captura imagens enquanto o obturador é pressionado;Iniciar 4K Explosão / Stop começar a captura de uma vez que você tenha pressionado o botão do obturador e pára quando você pressiona-lo novamente; Finalmente, o 4K Pré-Explosão captura imagens antes e depois de você ter pressionado o botão do obturador, perfeito para momentos em que você não tem certeza de quando disparar.
O Wi-Fi embutido também vale a pena chamar. Ele permite que você disparar remotamente ou compartilhar imagens através de seu smartphone. Basta conectar com Panasonic Imagem App e você terá acesso a todos os controles de sua câmera. Isso é útil para fotografar em difícil de alcançar áreas ou capturar imagens que você precisa estar em tal como uma foto de família.
O aplicativo é um dos mais robustos que usei até agora. Você pode mudar quase todos os ambientes e é bastante responsivo com live-view. Ele ainda tem algumas características inovadoras. Um dos nossos favoritos é “modo de salto”, que é usado para capturar fotos de você no topo de seu salto, acompanhando o acelerômetro do telefone. Nem sempre é útil, mas é divertido se você está atrás de algo diferente.

Participe da discussão

2 comentários

  1. Tenho uma Canon SX50, que gosto.
    Vim de uma FZ28 que gastava tambem, infelizmente ela quebrou numa queda e surgiu uma boa oportunidade, comprei a SX50, muito bem falada entre as ultra zoons, no meio da fotografia de passaros e tais…
    Ja vai para 3 anos e ela esta começando a apresentar problema, mau contato, resposta lentas, nao reconhece o carto. ora sim ora não…. credito grande parte a morar proximo a praia, maresia…
    Estou na busca por uma “nova” ultra zoom. Em teste que acompanhei, a SX60 empata ou perde para a SX 50, praticamente fora o zoom, nao ha vantagens, e o zoom tambem parece perder muita qualidade a partir dos 35x…
    OLhando em volta, via a FZ200, e me pareceu uma boa opcao, mas seu zoom fica nos 24X, eu em geral nunca uso o zoom ao maximo, na SX50 eu ficava na faixa de 35/40X e sempre conseguia otimos resultados, tambem sempre usei em RAW.
    As panasonic, tem suas imagens elogiadas, mas se precisa estar mais proximo do assunto, visto seu zoom ser metade ou menos, dos grandes zoons atuais. Para o que uso, penso que se ela fosse aos 35X, eu ja me contentaria em usar em 30X… mas vai “apenas” a 24x…. assim como sua irma mais nova, a FZ300 que parece ter um acrescimo muito interessante, o DFD. Ja sua prima de categoria pouco acima, melhor sensor, mas o zoom caiu para 16X e aqui no Brasil, os preços estao absurdos para cameras de certa forma, consideradas como 2a camera. Pois os que trabalham no estilo apontar e fotografar, ja estou quase na totalidade com os smartphones… quem busca uma camera com recursos, deve ao menos usar parte deles, deixar sempre no automatico, nao vejo o porque de gastar o dinheiro… mas enfim, o dinheiro da pessoa essa faz o que quer, nao tem os que queimam ele…..
    Bom, eu comprei a minha SX50, nova, com acessorios, por 999 reais, numa breve promoção, seu preço medio estava em 1200… hoje, uma panasonic FZ300 esta saindo por aqui na faixa de 4mil pra mais, a FZ1000, cerca de mil reais a mais… vi uma FZ200 usado por 1800 reais, usada. Uma FZ1000 por 3350, usada… enfim, esses preços realmente me afastam, pois meu uso é amador, hobby, e tenho a ultra zoom para levar em viagens mais desbravadoras, locais mais remotos, assim como passeios em trilhas, ou zanzar por ai… do que levar minha DSLR com suas lentes, peso e valor ainda maiores, bem maiores….
    Enfim, eu tenho uma FZ200 na mira, por assim dizer, pessoa muito amiga de uma colega de trabalho, ou seja, tenho referencias e ate faz um preço melhor e aceita pagto pelo cartao, que faria atravez da loja dessa amiga em comum… mas os 24x de zoom me deixao pe atras, sair hoje dos 50x, onde em geral uso nos 35, que pra mim reflete a melhor imagem… e ir para 24x, onde provavelmente eu trabalharia por volta dos 18X, é algo a se pensar, muitas fotos de trilhas, passaros, saguis, eu consegui justamente por nao precisar me aproximar, pelo zoom.
    Entao é isso, meu dilema… acabei de ver uma FZ300 por 2000, usada, mas creio que a diferença de valor para a FZ200, justifique, farei uma oferta, vamos ver.
    Em venho achando que as empresas estao deixando um pouco de lado a ultra zoons para um publico mais exigente, forçado a irem para as DLSR… todas essas cameras ja vai para ano de fabricaçao, minha SX50, ainda muito bem cotada nos foruns de fotografia de passaros, um dos foruns mais exigentes quanto ao zoom… é de 2013 se não estou enganado….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.